Portuguese PT English EN Spanish ES Italian IT

Ictiose

O que é a Ictiose?

A Ictiose é uma doença rara e dermatológica que deixa a pele do paciente extremamente seca e com diversas escamas. O desenvolvimento dessa condição pode ocorrer logo no nascimento do bebê, com o surgimento das primeiras escamas cinzas ou pretas espalhadas principalmente no tronco e no pescoço, criando uma ligeira aparência de “pescoço sujo”. A Ictiose é uma doença hereditária, transmitida dos pais para os filhos.

Causa

O desenvolvimento dessa doença se deve a uma série de mutações dos genes que codificam a filagrina, molécula responsável, basicamente, pela impermeabilização da pele e sua hidratação.

Sinais e Sintomas

A pele seca é o sintoma mais básico e comum da Ictiose, com o quadro clínico podendo variar muito conforme as estações do ano (em épocas frias, os sintomas são acentuados).

Em suas formas mais leves, a doença pode se manifestar no final da infância ou na fase adulta, com a descamação da pele.

Já nos casos graves, ainda na infância os primeiros sintomas aparecem e geram intensa descamação da pele, do couro cabeludos, palmas das mãos e nas plantas dos pés.

Diagnóstico

O diagnóstico da Ictiose é feito por um médico especialista (nesse caso o Dermatologista), que avaliará e poderá solicitar exames adicionais para a assertividade da confirmação do quadro.

Tratamento

A hidratação da pele é muito recomendada durante os tratamentos indicados para cessar os efeitos da doença. Os cremes com componentes como ureia, lactato de amônia e diversos agentes hidratantes podem ser indicados para uso várias vezes ao dia. Outros medicamentos ou formas de cuidados podem ser indicados dependendo do quadro.

A opinião dos articulistas e especialistas não reflete, necessariamente, a opinião da Conecta Saúde. | ©2020 Muitos Somos Raros - Conecta Saúde - Todos os direitos reservados.